segunda-feira, 4 de agosto de 2014

PROFESSORA DA REDE PUBLICA É CANDIDATA UMA VAGA NO SENADO

Segunda: 04 de Agosto de 2014
POSTADO POR ALDEMIR MARTINS

 PROFESSORA DA REDE PUBLICA É CANDIDATA UMA VAGA NO SENADO
Kiberly Gois/No Minuto.com

A professora da rede pública de ensino há 29 anos, Ana Célia Siqueira Ferreira, do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), busca a única vaga do Rio Grande do Norte no Senado no pleito deste ano.

Ana Célia, de 47 anos e natural de Ceará-Mirim, trabalha dando aulas no Ensino Fundamental, na Escola Municipal Amadeu Araújo, localizada na zona Norte de Natal, além de exercer a função de supervisora na Escola Monsenhor Celso Cicco, no município de Ceará-Mirim, cidade onde nasceu e reside até hoje.

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ana Célia também faz parte da coordenação regional do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte), atualmente licenciada em função da candidatura.

Com uma trajetória de lutas por melhorias na educação, Ana Célia, em Ceará-Mirim, participou das mobilizações contra a Municipalização da Previdência e em 2004 foi candidata naquela cidade ao cargo de Prefeita. Ana Célia também já disputou o Senado no ano de 2002.

Sua candidatura se caracteriza pela defesa da educação pública e gratuita, pela luta de negros e negras contra o racismo, defesa pelos direitos das populações das periferias das grandes cidades, além das vítimas do abandono dos governos, do corte dos direitos e da violência policial, em especial as mulheres negras, que ainda sofrem com a violência.

Cada estado e o Distrito Federal tem direito a três senadores, com um mandato de oito anos com possibilidade de renovação e cada senador é eleito com dois suplentes. No caso do RN, a única vaga disponível para o pleito deste ano é da senadora Ivonete Dantas (PMDB).

Além de Ana Célia do PSTU, com o primeiro suplente Alexandre Guedes e o segundo é Sandra Barbalho. Também estão na disputa por uma vaga do Senado Fátima Bezerra (PT), Professor Lailson (PSOL), Roberto Ronconi (PSL) e Wilma de Faria (PSB).

As eleições gerais deste ano estão marcadas para 5 de outubro e, na ocasião, o eleitor brasileiro vai às urnas para eleger o Presidente da República, governador e vice, deputados federais e estaduais, além de distritais e senadores e respectivos suplentes.




Nenhum comentário: