sábado, 11 de outubro de 2014

Se Lula pedir votos para Robinson, PMDB rompe com Dilma, diz Garibaldi

Sábado: 11 de Outubro de 2014
POSTADO POR: OPOTYGUAR MARTINS

Se Lula pedir votos para Robinson, PMDB rompe com Dilma, diz Garibaldi
Líder peemedebista diz que “ninguém é Cristo para dar a cara tapas” e demonstra que paciência com PT e Dilma anda curta

O ministro da Presidência Social, Garibaldi Alves Filho, sinaliza para o rompimento do PMDB do Rio Grande do Norte com a Presidente Dilma Houssef. O comportamento do Partido dos Trabalhadores, nas eleições estaduais do RN, seria o motivo apontado pelo ministro para o afastamento do PMDB do Governo de Dilma.

De acordo com Garibaldi Alves, o PT não foi correto com o PMDB ao veicular propaganda eleitoral do ex-presidente Lula, pedindo voto para Robinson Faria, adversário do candidato peemedebista ao Governo do Estado, Henrique Alves. Para o ministro, a fala de Lula em prol de Robinson quebrou um acordo entre PMDB e PT.

Como Henrique é da base aliada da Presidente Dilma, e o PMDB integrante de seu Governo, ocupando Ministérios e tendo, inclusive, o vice-presidente da República, Michel Temer, havia o entendimento de “neutralidade” nas eleições do RN. Porém, o pacto foi “quebrado” com a participação de Lula no programa de Robinson Faria. _ Nós sabemos que já tem uma gravação pronta, com Lula pedindo voto pra Robinson no segundo turno. Se isso for divulgado, aí nós vamos romper com o governo, porque ninguém é Cristo para dar a cara a tapas” -, avisou Garibaldi Filho.

Agenda: O ministro esteve ao lado de Henrique hoje, em Mossoró, numa reunião com as lideranças políticas locais e regionais. Na próxima semana, ele voltará a Mossoró para uma jornada eleitoral de dois dias. A princípio, a agenda de Garibaldi em Mossoró está marcada para quarta (15) e quinta-feira (16).
 
Fonte: Gutenberg Moura

Nenhum comentário: